Presidente do CRCDF se reúne com representante da equipe de transição do Governo do DF

img_4138As principais demandas da classe contábil junto ao Poder Executivo local foram transmitidas pelo presidente do CRCDF, Adriano Marrocos, ao coordenador da área econômica do plano de governo e da equipe de transição do GDF em reunião realizada na quarta-feira (28/11).

Entre as demandas apresentadas, Marrocos pediu mais espaço para a participação dos contadores que deverão integrar grupos de trabalho sobre o setor produtivo, além do apoio na tramitação de projetos de interesse da classe que tramitam na Câmara Legislativa do Distrito Federal, como o que concede redução de base de cálculo do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISS incidente na prestação de serviços. O representante do governo, que tomará posse em 2019 como Secretário de Estado de Fazenda, se prontificou a repassar e analisar as demandas recebidas ao Governador eleito.

Também participaram do encontro os vice-presidentes do CRCDF – de Administração, Daniel Chaves Fernandes; de Registro Profissional, Fernanda Veras Oduaia; e de Fiscalização, Ricardo Da Silva Farias Passos; Além do conselheiro João Barbosa França.

Dirigente também da ASCOP/ DF, Adriano Marrocos apresentou as solicitações da Associação, como a que envolve a licença para desempenho de mandato classista aos servidores públicos do Distrito Federal. A proposta que altera artigos na Lei que trata do regime jurídico dos servidores (Lei Complementar nº 840, de 23 de dezembro de 2011) foi construída com o apoio do Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (Coren-DF).

Outro assunto abordado foi o decreto que reconhece a importância da atuação dos Conselhos Regionais de Profissões Regulamentadas e que foi considerado inconstitucional por ter sido iniciado no poder legislativo. A proposta dispõe sobre a comprovação do registro nos conselhos e ordens de profissões regulamentadas, para investidura em cargos, empregos ou funções na Administração Pública Direta, Indireta, Autárquica ou Fundacional, dos Poderes Executivo e Legislativo do Distrito Federal.